perder barriga

Perder barriga, por que você não consegue?

O excesso de gordura abdominal é sem sombra de dúvidas um dos maiores e mais comuns problemas para a grande maioria das pessoas. Seja por aspectos de saúde, seja por aspectos estéticos, a concentração de gordura na região abdominal é um problema. O excesso de gordura abdominal, a popular barriguinha, acomete uma grande parte da população. Perder barriga não é tarefa fácil, afinal esta é uma reserva que nosso corpo tem desde os primórdios dos homenídeos. Por se localizar no meio do corpo, ficava mais fácil distribuir a energia vinda dos processos de quebra de lipídios tanto para a parte superior como inferior do corpo.

 

consultoria online fitness
Neste sentido, precisamos de uma série de medidas para que possamos ter bons resultados. Já te adianto de antemão, não espere “dicas incríveis” ou “soluções imediatas”. Perder barriga envolve fatores ligados a sua rotina, ao seu estilo de vida. Sem mudanças drásticas em alguns comportamentos, não há como ter resultados efetivos!


Mas antes de eu te dar algumas dicas práticas, é fundamental entender como é possível perder barriga de verdade!

O que eu faço para perder barriga?

A resposta é simples e direta: emagrecer. Não, eu não estou brincando com você. Por mais óbvio e simplório que possa parecer. Emagrecer é quando reduzimos nossa concentração de gordura corporal, certo? Então, para perder barriga é isso que precisamos.

 

Leia também: Treino rápido para emagrecer, a solução para quem tem pouco tempo!
Tudo o que te falaram sobre exercícios, alimentos, chás e toda esta baboseira para perder barriga, não passa de golpe comercial.
Nosso corpo não elimina gordura de forma localizada. Como a gordura é uma fonte energética, ele a utiliza por inteiro. Então, para perder barriga, precisamos otimizar estes processos. Em resumo, precisamos emagrecer. Só isso, nada mais.
Usar a dieta e os exercícios de forma que possamos conseguir isso, é que fará de fato a diferença. Esperar perder gordura apenas na região abdominal, é que não passa de ilusão.
Para te dar um embasamento melhor, vou te mostrar algumas medidas para conseguir isso. Sempre lembrando que há fatores individuais e metabólicos, que também influenciam isso!

 

 

Perder barriga, a solução é mais simples do que você imagina!

 

Já desvendamos o “grande segredo” para perder barriga. Agora, precisamos de práticas diárias, que envolvem treino e dieta, para conseguir tal objetivo.
Uma série de fatores influenciam isso. Algumas medidas que irei te mostrar, ajudam consideravelmente neste cenário!

1. Alimente-se com um balanço calórico negativo:

Sim, é básico. Porém, de todos os casos em que eu lidei, todos não levavam isso a sério. Como a gordura é uma fonte energética, precisamos gastar mais calorias do que ingerimos, para que estas reservas sejam solicitadas. Simples e prático. Caso contrário, você pode usar todos os métodos existentes que não terá resultados. Porém, é fundamental entender que balanço calórico negativo, não significa de forma alguma que você deva simplesmente diminuir a ingestão de alimentos.

 

Leia também: Personal trainer online, vale a pena contratar?
Déficit calórico, de forma alguma, deve gerar qualquer tipo de desnutrição. Ele deve ser pensado de uma forma que seu corpo tenha todos os nutrientes necessários, com uma menor ingestão calórica.

2. Melhore seu Vo2 Máximo:

O Vo2 máximo, ou melhor, nossa capacidade de usar o oxigênio de forma mais eficiente, ajuda e muito na melhora da perda de gordura. Para perder barriga, seu Vo2 máximo precisa ser melhorado. Isso por que, o Vo2 máximo está ligado diretamente a nossa capacidade de utilização de oxigênio. Como a gordura é utilizada apenas pelas vias aeróbicas (de forma mais intensa), a melhora do Vo2 máximo torna o processo de lipólise muito mais acentuado! O treino HIIT é uma possibilidade interessante!

3. Aumente sua Massa Muscular

Usando no mesmo texto as palavras massa muscular e barriga você deve lembrar as propagandas que dizem que tal exercício transforma gordura em músculo. Oremos por quem acredita que isto seja possível. Músculo e gordura são tecidos diferentes e não existe possibilidade prática de eles se substituírem. Porém, com mais massa muscular, você terá um metabolismo mais acelerado e consequentemente usará mais gordura em seu dia a dia como fonte energética. Já falei neste artigo sobre treino de musculação para emagrecer.

 

perder barriga 2

4. Priorize a Intensidade adequada para seu nível de treinamento

diversos estudos mostram que quando falamos em gasto calórico, a intensidade de um exercício é muito mais importante que o volume. Deixa eu exemplificar. Se você quer emagrecer, é mais viável correr 30 minutos do que caminhar 1 hora, pois o primeiro é mais intenso e vai fazer seu corpo gastar mais energia pra se recuperar. Porém, pessoas sedentárias que começam a praticar exercícios tem de tomar cuidado para não ultrapassarem seus limites.

5. Priorize os Alimentos Integrais e corte o açúcar

Para diminuir seu percentual de gordura não basta abolir alimentos gordurosos. Alimentos que sejam ricos em açúcar ou com carboidratos simples (as massa brancas principalmente), são de rápida absorção. O problema é que nem sempre as reservas dão conta de estocar o que é ingerido a mais, e adivinha no que é convertido este excesso? Em gordura. Os integrais tem uma absorção mais lenta, que além de evitar este processo, mantêm a sensação de saciedade por mais tempo.

 

Gravei um vídeo sobre como perder barriga também!

 

 

Não tem jeito, é dieta, treino e disciplina. Só assim para perder barriga. Não acredite em fórmulas prontas, em exercícios ou dietas “mágicas”. Sempre priorize o acompanhamento de um bom profissional. Bons treinos!

2 comentário em “Perder barriga, por que você não consegue?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *