suplementos para hipertrofia

Suplementos para hipertrofia, saiba um pouco sobre eles!

Rate this post

A suplementação é um dos assuntos mais debatidos entre os praticantes de musculação, professores e curiosos. Eu diria até que muitas vezes ela é tão superestimada que se esquece de treinar direito para focar apenas na suplementação. Mera tolice, afinal a suplementação ajuda no processo, mas sem um treino de qualidade, de nada ela irá adiantar. Porém, existem suplementos para hipertrofia que ajudam no processo.

As dúvidas sobre eles ainda são muito comuns…

Por isso, selecionei um pequeno resumo sobre cada um dos principais suplementos para hipertrofia!

 

Principais suplementos para hipertrofia

 

Whey Protein

Talvez o mais conhecido de todos. O Whey é o nome do suplemento e não a marca, como muitos acreditam. Whey é a proteína do soro do leite extraída durante o processo de transformação do leite em queijo. É um suplemento de rápida absorção, sendo tomado na maioria das vezes pela manhã ou no pós treino, onde é mais indicado. Ele irá auxiliar no processo de reconstrução muscular.

 

Leia também: Periodização para hipertrofia, o guia completo!

 

Ao tomar ele antes de acordar o objetivo é diminuir o catabolismo de certo tempo sem se alimentar. Ele possui diversas variações, como por exemplo o isolado, concentrado, hidrolisado. Na verdade, esta distinção é mais comercial do que realmente de efetividade, pois os efeitos se parecem muito e nenhum deles trás muitos benefícios a mais.

BCAA

Geralmente tomado em cápsulas, são os aminoácidos de cadeia ramificada, também conhecidos como essenciais. São formados por aminoácidos que não são produzidos pelo organismo,  A L-Valina, L-Leucina  e L-Isoleucina.  Basicamente o BCAA atua na reconstrução muscular, tendo importante papel na hipertrofia.

Deve ser tomado antes e depois do treino, para que as perdas catabólicas sejam reduzidas. Também tem ação sobre a insulina, que é um poderoso hormônio anabólico.

 

suplementos para hipertrofia

 

 

Creatina

Este é um dos suplementos mais utilizados e que não tem sua real efetividade comprovada. A Creatina produzida por nosso corpo, que serve para resintetizar o ATP, mas ela já é produzida por nosso organismo.

Alguns defensores dela falam em aumentar os níveis para, com efeito cumulativo, aumentar a resistência e a explosão muscular. Quero deixar bem claro que estou falando em pessoas que buscam a hipertrofia.

 

Leia também: Alimentação para musculação, os princípios básicos!

 

Atletas de desporto de potencia usam bastante isso e realmente tem bons resultados. Só não acredito que a creatina para quem faz musculação seja de fato efetiva.

L-Carnitinina

Este não é um suplemento puramente proteico, mas auxilia no processo de hipertrofia. Seu principal foco é a diminuição dos depósitos de energia e aumento dos níveis de energia muscular. A L-Carnitina é uma substância que transporta a gordura acumulada para as dentro das células para ser gasta em forma de energia, processo conhecido como oxidação lipídica.

Albumina

Este é um dos suplementos proteicos mais baratos e que apresenta bons resultados. Ele é extraído da clara do ovo, e sua indicação é para o decorrer do dia, auxiliando nos processos metabólicos. Apesar de não ser mais tão consagrada quanto o Whey, por exemplo, ela ainda é uma proteína de alto valor biológico, que pode ser um ótimo aliado de sua hipertrofia.

Independente de qual seja seu objetivo, os suplementos podem te ajudar e muito. Porém eles não devem ser tomados de forma indiscriminada e sem acompanhamento de um bom nutricionista. Bons treinos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *